terça-feira, 16 de novembro de 2010

A propaganda mais humana: nova tendência?

Inspirada pelo Gil Giardelli na palestra do Café com Blogueiros (post completo aqui), vou falar um pouco sobre uma tendência da publicidade (e da nossa época também. Acredito que a publicidade reflita um pouco da vida. Só vou saber se é utopia daqui uns anos, eu acho =P ): a coletividade.
Vivemos na era da comunicação. Não imaginamos nossas vidas sem o tal do celular, e acessar redes sociais é coisa rotineira. Conhecemos gente pela internet (na maioria das vezes é furada, mas insistimos =P ), nos informamos sobre produtos, artistas, eventos, etc. Vemos o mundo através de uma tela. Mas talvez a tendência seja justamente o contrário.
Por mais que as pessoas se comuniquem através de computadores, telefones e tal, o que todo mundo quer é a simplicidade da comunicação. As pessoas querem rir, querem se emocionar com cachorrinhos e bebês fofos, querem sentir que estão vivas e fazem parte de um todo.
No #CCBSP conheci uma ação muito interessante da Eletrolux, "O stand up do liquidificador". O produto é um liquidificador (dãr) silencioso. Até ai, nada que emocione. Mas a campanha é composta de humor, o que faz as pessoas se desarmarem diante de um comercial (as pessoas não são bobas. Sabem que a propaganda quer vender).
Eis o dito cujo:

Eu confesso que odeio comédia stand up . O fato de alguém fazer questão que eu dê risada, já me deixa de mau humor =P
Mas o comediante desse vídeo, Diogo Portugal, é engraçado demais! O comercial deixou de ser aquela coisa chata: "Compre nosso liquidificador", e virou entretenimento.
Hoje, o Bruno Costa postou um vídeo no Twitter que vinha de encontro com esse post, que eu vinha maquinando desde ontem:

É do concorrente, mas é lindo! Poxa, a gente que vive na tal "cidade grande" desacostuma com gente. Tudo é muito cinza, muito frio, muito corrido. E esse comercial vem pra dizer: "Poxa, olha pro teu lado! Tem alguém ali no outro carro! Sinta essa vida em torno de você!".
Fala se não é lindo!?
E ai vem toda essa "moda" de sustentabilidade também. As pessoas querem sentir que estão colaborando. Eu separo o lixo reciclável. Eu demoro menos no banho. Eu não uso tanta sacola plástica. E por ai vai!
É mágico isso! No meio de tanta informação, tantas máquinas, tudo tão online, as pessoas terem esse contraste.
Definitivamente esse tipo de preocupação nas propagandas toca mais o consumidor do que o jargão "Quer pagar quanto!?".

Gostou do post? Então vem ver meu blog atualizado em biadesouza.com =D

6 comentários:

Liany Lima disse...

Olá Bia.....

Isso mesmo, acredito que mesmo vivendo em uma era tecnologica, não podemos deixar morrer,o nosso lado humano. Um sorriso,um gesto de gentileza faz muita diferença, neste mundo as vezes indiferente ao outro. Devemos nos inspirar todos os dias,assim cultivaremos o afeto,elo primordial. Legal seu post. Abraços.

Liany Lima.

Bia de Souza disse...

Oi Liany!
Que bom que gostou do post!
Esse tipo de visão, mesmo que na propaganda, nos incentiva a algo bom =)
Acho que o mundo tá precisando disso!
Bjos

Keka disse...

Oi moça, adorei a propaganda da brastemp :D Achei seu blog pelo post da revista lola, estava procurando umas informações sobre ela. Valeu, estou te seguindo, bjs

Bia de Souza disse...

Que bom que gostou Jéssica! Essa propaganda da Brastemp é ótima sim! Se eu estivesse um pouco mais sensível quando vi, teria chorado uahuahauhauhauah Obrigadão!
Bjao

Mosaico Cultural disse...

O vídeo da concorrente é mais interessante. Mostra como pequenos gestos como um sorriso pode mudar o dia de uma pessoa. Gostei bastante da ação, para a marca é muito vantajoso associar a sua imagem a um momento tão emocionante.

Abs, João Linno.

Bia de Souza disse...

Concordo com vc João!
Obrigada pela visita =)
Bjos